SC: teste errado faz mulher pensar por 6 anos que tem aids

Tags:, , , ,

13 de março de 2010 • 09h35

Em 2003 um teste indicou que Maria Gonçalves, moradora de Guabiruba (SC), então grávida e com 30 anos, tinha o vírus HIV, causador da Aids. Após pensar em suicídio, ter depressão e engordar mais 40 kg, Maria, em outubro de 2009, fez outro exame que indicou que, na verdade, ela não tinha a doença. Ela e o marido pretendem agora processar o município de Brusque e o Estado, responsável pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-SC). As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, o marido, após fazer vários testes que não indicaram a presença do HIV, desconfiou que havia sido traído e que a criança não era sua. O jornal diz que Maria se submetia a exames semestrais para verificar a carga viral do HIV, mas todos indicavam que ela estava bem, o que levou um médico a pedir o novo exame, que deu negativo. Ainda de acordo com a reportagem, a secretária de Saúde de Brusque, Maria Aparecida Belli, afirma que o prontuário de Maria aponta que foram usados procedimentos de contraprova no exame. O jornal afirma que os responsáveis pelo Lacen-SC não foram localizados.

Fonte: Terra

13 de março de 2010 09h35

Data de criação: 13/03/2010
Última atualização: 25/03/2010

Tags:, , , ,

Textos relacionados:

AIDS | HIV nas redes sociais

  • orkut
  • twitter
  • facebook
  • youtube
  • rss

Deixe sua mensagem

Lembramos que a equipe do site AIDS/HIV é formada por jornalistas. Portanto, as informações encontradas no site NÃO dispensam as orientações médicas. O nosso objetivo é informar e nunca substituir a palavra de um médico.


(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem