ONGs e portadores de HIV farão protesto contra falta de remédios

27/04/2010 – 10:12
Representantes de ONGs e portadores de HIV vão realizar amanhã, em sete Estados, a manifestação batizada de ‘Tolerância Zero’, um protesto contra a falta de remédios na rede pública para tratamento da doença. As manifestações serão feitas a partir das 10 horas da quarta-feira, em frente à Secretária Estadual de Saúde, no bairro de Cerqueira César, em São Paulo, no Rio de Janeiro, Porto Alegre, São Luís, Recife, Fortaleza e João Pessoa.

Segundo a organização Forum ONG Aids de São Paulo, desde dezembro de 2009, ocorre o desabastecimento do antiviral Abacavir, usado por cerca de 3.700 pacientes. A explicação, de acordo com o Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), Aids e Hepatites Virais, a falta acontece por uma dificuldade do governo na aquisição do remédio.

Desde então, o programa aconselhou que médicos substituíssem temporariamente a indicação do remédio até que a situação se normalizasse, o que estava previsto para fevereiro, mas não ocorreu, segundo a ONG. Além disso, o programa orientou que houvesse substituição do medicamento. No entanto, muitos pacientes, por decisão conjunta com seus médicos, não concordam em substituir um tratamento que está dando certo por outro.

Os portadores de HIV também sentiram falta, no último mês, do lamivudina, também um dos medicamentos do coquetel para tratamento da Aids, o que levou o Programa do Estado de São Paulo contra Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) a fracionar comprimidos e a remanejar medicamentos para atender os ambulatórios estaduais.

Fonte: Abril
Data de criação: 28/04/2010
Última atualização: 28/04/2010

Veja também:

AIDS | HIV nas redes sociais

  • orkut
  • twitter
  • facebook
  • youtube
  • rss

4 Comentários Publicados

  1. Moacir Chiarello disse:

    sou professor de informática e em minhas pesquisas na internet e observando algumas peculiaridades do hiv acredito ter descoberto um tratamento alternativo para a doença, gostaria de saber como entrar em contato com um infectologista para apresentar-lhe minha teoria, espero que possam me ajudar, pois se estiver certo, quem sabe possa ajudar muitas pessoas. atenciosamente

    • Aids Hiv disse:

      Moacir, somos um grupo indenpendente e não estamos ligados a nenhuma instituição pública. seria interessante vc procurar na sua cidade um pesquisador dessa área.

  2. Ou seja, vocês não tem interesse algum em colaborar na busca da cura do HIV, desde que haja retorno financeiro para sua instituição, as pessoas podem continuar morrendo. Interessante, precebi a mesma postura de várias instituições, sejam ongs, governamentais ou privadas. Curioso!

    • Aids Hiv disse:

      Moacir, não entendi o seu questionamento. A proposta do site Aids/HIV é levar informações sobre a aids e o hiv para a população. Não temos ligação com nenhuma organização, seja privada ou governamental. Não recebemos recursos de nenhuma empresa para isso.
      Estamos sempre buscando e divulgando qualquer informação sobre pesquisas que possam chegar na cura da doença.
      claro que há quem tenha interesse do contrário, mas não estamos nesse grupo, muito pelo contrário.
      Informar é servir. Essa é a nossa proposta.

Deixe sua mensagem

Lembramos que a equipe do site AIDS/HIV é formada por jornalistas. Portanto, as informações encontradas no site NÃO dispensam as orientações médicas. O nosso objetivo é informar e nunca substituir a palavra de um médico.


(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem