Governos se comprometem a buscar tratamento universal contra aids para 2015

Tags:, ,

Os representantes dos Governos que participam da reunião de alto nível sobre a aids nesta quinta-feira organizada pelas Nações Unidas acordaram redobrar seus esforços para que o acesso ao tratamento contra o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) seja universal para 2015 como principal medida para erradicar a doença.

O texto editado ao fim do encontro, composto por 16 páginas e mais de uma centena de pontos, mostra também o compromisso da comunidade internacional para conseguir que o fim do contágio do HIV de mãe para filho seja uma realidade também para 2015, uma medida anunciada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, acompanhado por diversas personalidades, como o ex-presidente americano Bill Clinton.

Os últimos descobrimentos demonstram que o tratamento contra a aids reduz o risco de transmissão do HIV de uma pessoa a outra em 96%. A promessa de alcançar o acesso universal ao tratamento antirretroviral significa que a comunidade internacional se compromete que esses tratamentos cheguem a 15 milhões de pessoas, mais que o dobro das que têm acesso atualmente a eles nos países mais pobres do mundo.

Atualmente, 6,6 milhões de pessoas nesses países, situados em sua maioria na África – o continente mais atingido pela doença -, recebem tratamento.

O compromisso internacional para estender o acesso à medicação supõe, segundo os cálculos do Programa Conjunto das Nações Unidas contra a Aids (Unaids), que se reduzirão a mais da metade os casos de novas infecções para 2015 e, já até 2020, se evitarão 12 milhões de infecções e mais de 7 milhões de mortes.

O novo número marcado pelos participantes da segunda cúpula deste tipo na Assembleia Geral – a primeira foi em 2001- representa um grande passo que foi aplaudido por várias organizações, embora com cautela, devido a que a declaração por enquanto não envolve compromissos econômicos concretos.

“Os Governos deram um passo crucial adiante com o compromisso de conseguir que 15 milhões de pessoas tenham acesso ao tratamento daqui a 2015, mas também devem realizar imediatamente ações concretas para fazer desse objetivo uma realidade”, indicaram os responsáveis da Médicos sem Fronteiras (MSF) em comunicado.

Fonte: O Dia Online

Data de criação: 10/06/2011
Última atualização: 10/06/2011

Tags:, ,

Textos relacionados:

AIDS | HIV nas redes sociais

  • orkut
  • twitter
  • facebook
  • youtube
  • rss

Deixe sua mensagem

Lembramos que a equipe do site AIDS/HIV é formada por jornalistas. Portanto, as informações encontradas no site NÃO dispensam as orientações médicas. O nosso objetivo é informar e nunca substituir a palavra de um médico.


(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem