Drogas contra o HIV podem ajudar na cura do câncer de próstata

Tags:, ,

01/04/2010 – 19:32

Pesquisadores americanos descobriram que drogas presentes no coquetel contra o HIV inibem a proliferação de um retrovírus ligado ao câncer de próstata e à Síndrome da Fadiga Crônica
Algumas drogas usadas para combater o HIV também inibem um retrovírus que recentemente foi relacionado ao câncer de próstata e à Síndrome da Fadiga Crônica (CFS, na sigla em inglês). A descoberta foi feita por um grupo de pesquisa da Universidade de Utah e da Universidade Emory. O estudo, publicado no dia 1º de abril no site da Public Library of Science, sugere que existe a possibilidade de se chegar a tratamentos antivirais para estas doenças crônicas. Se o retrovírus XMRV é um dos causadores do câncer de próstata e da CFS, é possível que as duas doenças possam ser tratadas com as mesmas drogas usadas em pacientes com HIV.

Os resultados oferecem esperança aos pacientes das duas doenças, mas o estudo ainda está em estágio inicial. Ou seja, ainda não é conclusivo se existe alguma ligação entre o XMRV e tais doenças. “Nem toda a literatura científica sobre o XMRV foi capaz de relacioná-lo ao câncer de próstata ou à Síndrome da Fadiga Crônica. Será preciso estudar os resultados dos ensaios clínicos antes de usar tais drogas em testes”, diz Ila Singh, professora de patologia da Escola de Medicina da Universidade de Utah.

Ela e sua equipe testaram 45 componentes do coquetel de tratamento do HIV e outras infecções virais para saber quão eficientes eles eram contra o XMRV em células humanas de câncer de mama e próstata. A droga que conseguiu inibir a proliferação do XMRV de forma mais potente foi o raltegravir, aplicado na mesma concentração prescrita a humanos com HIV. Três outras drogas, L-00870812, Zidovudine (AZT) e tenofovir disoproxil fumarate (TDF) também foram eficientes na prevenção da replicação do retrovírus.

“Nosso estudo mostrou que essas drogas inibem o XMRV em baixas concentrações quando duais delas são usadas em conjunto. Isso sugere uma alta potencialidade para que essas drogas se transformem em terapias de ‘coquetel’ na inibição da proliferação do vírus, evitando que ele se espalhe”, diz Raymond Schinazi, pesquisador do Centro de Pesquisa para a Aids da Universidade Emory. Essa combinação de terapias também pode conceder outro benefício ou homem: postergar ou prevenir a mutação do vírus em formas resistentes.

O XMRV é um dos três retrovírus conhecidos que infectam pessoas – descoberto em 2006 por pesquisadores da Universidade da Califórnia. Outros retrovírus intimamente relacionados ao XMRV são conhecidos por causar sarcomas e leucemia em animais. Há seis meses, Ila Singh liderou um estudo que demonstrou a presença de XMRV em células humanas com câncer de próstata. Este estudo, publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences, encontrou o XMRV em 27% dos cânceres de próstata examinados, sendo mais presente nos tumores mais agressivos. Mais recentemente, cientistas do Instituto Peterson Whittemore no Estado de Nevada, identificaram o XMRV no sangue de pacientes com Síndrome de Fadiga Crônica.

Fonte: Revista Época
Drogas contra o HIV podem ajudar na cura do câncer de próstata
Data de criação: 08/04/2010
Última atualização: 23/04/2010

Tags:, ,

Textos relacionados:

AIDS | HIV nas redes sociais

  • orkut
  • twitter
  • facebook
  • youtube
  • rss

Deixe sua mensagem

Lembramos que a equipe do site AIDS/HIV é formada por jornalistas. Portanto, as informações encontradas no site NÃO dispensam as orientações médicas. O nosso objetivo é informar e nunca substituir a palavra de um médico.


(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem