Cresce procura por teste de aids após carnaval

01/03/2010 – 22h26

As ações desenvolvidas pelo Programa Municipal de DST/HIV/Aids e Hepatites em vários pontos de Araçatuba durante o carnaval, a fim de estimular a realização do teste anti-HIV (Teste Rápido de Diagnóstico – TRD), refletiu no aumento da procura pelo exame no CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento). Somente entre os dias 17 e 19 de fevereiro, quarta e sexta-feira após a folia, 56 pessoas fizeram o teste. Em todo o mês, foram 173 testes, com três resultados positivos.

Não é possível a comparação dos dados de fevereiro com o mesmo período do ano passado porque o teste rápido passou a ser realizado em agosto de 2009. Pelo exame convencional, no ano passado foram atendidas 24 pessoas em fevereiro e 39 em março – o fim de semana prolongado de carnaval aconteceu em 2009 entre os dias 20 e 24 de fevereiro.

Após o início da realização deste teste, foram feitos 15 deles em agosto, 74 em setembro, 56 em outubro, 18 em novembro – antes de ser lançada a campanha “Fique Sabendo”, que atraiu 1.070 pessoas para a realização do exame – 74 testes em dezembro e 133 em janeiro deste ano.

VANTAGEM
A vantagem do teste rápido sobre o convencional é que o resultado do exame demora somente 15 minutos. Durante a entrevista realizada com o interessado antes da coleta de sangue para o procedimento, os profissionais podem detectar a necessidade da realização do exame convencional, já que o método possibilita também o diagnóstico de sífilis e hepatite B.

“O teste rápido é muito utilizado porque agiliza o resultado e dá comodidade aos atendidos, que podem se dirigir ao CTA e já sair do local com o resultado”, explicou a chefe do serviço de coordenação do Programa, Sandra Exaltação. (Com informações da assessoria da Prefeitura)

Fonte: Folha da Região

Data de criação: 01/03/2010
Última atualização: 25/03/2010

Veja também:

AIDS | HIV nas redes sociais

  • orkut
  • twitter
  • facebook
  • youtube
  • rss

2 Comentários Publicados

  1. Claudia disse:

    Qual medico um paciente infectado pelo vírus HIV deve procurar inicilamente? Clínico Geral?

Deixe sua mensagem

Lembramos que a equipe do site AIDS/HIV é formada por jornalistas. Portanto, as informações encontradas no site NÃO dispensam as orientações médicas. O nosso objetivo é informar e nunca substituir a palavra de um médico.


(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem